terça-feira, setembro 18, 2007

tenho dela fragmentos e há fragmentos de mim nela

mas há também o outro e seus fragmentos

que transitam livremente na liquida transrelação

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial