quinta-feira, setembro 04, 2003

Maniacos pensamentos de uma sordida madrugada...


pouco chopin ...
mas muito ele me entenderia..

mozart bem vindo...

acido e suave, por que no agora, o querido dinheiro me falta..

fake...

mas mesmo assim, foi a queda, foi ao chão...

temo ter sido o último que dei a mão a mim mesmo..

arranquei um pedaço, e todas as circunstâncias...

meu ultimo já foi, sem aviso prévio... agora apenas o amor..

sem poesia instantanea...

sem voce, mas para voce...

saliva, e secreções de lembrança...

saliva, e o sal de suas secreções...

um beijo

té...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial