quinta-feira, janeiro 16, 2003

eu sou a borra,
o cheiro,
o choro do lixo.

eu sou o chorume,
nutritivo e venenoso.
transformo dor em prazer.

eu sou o doce,
violento.
transformo o prazer em dor


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial